Histórias Para Dormir: Contos para Todas as Gerações

José Saramago uma vez disse “A leitura é, provavelmente, uma outra maneira de estar em um lugar.”, ler é viajar para outras dimensões e universos, é descobrir o novo e principalmente estimular a imaginação. Por isso, manter esse hábito em família é tão importante para o desenvolvimento de cada um e tudo pode começar com boas histórias para dormir.

Para dar início ao incrível mundo da leitura, não é preciso começar lendo Shakespeare logo de cara, afinal a literatura é tão vasta que existem outros clássicos tão fantásticos quanto, que garantem diversão, tanto para os adultos, quanto para as crianças. Fique até o final e confira dicas incríveis de histórias para dormir. Bora viajar neste universo?!

Direto ao assunto

Por que contar histórias para dormir?

Pouco antes de irmos dormir, algumas rotinas são comuns: escovar os dentes, trocar de roupas e desligar os aparelhos eletrônicos. Contudo, o mais importante para auxiliar a noite de sono ser tranquila, é conseguir relaxar a desligar a cabeça das tarefas do dia a dia.

Uma boa história para dormir, ajuda a relaxar tanto quanto música ou uma caminhada ao longo do dia, além de ajudar a criança (ou até mesmo o adulto, por quê não?) a entrar em um outro universo, possibilitando o desenvolvimento do mundo lúdico. As histórias preparam a mente da criança para sonhos criativos!

Ler histórias também é positivo?

Sim! Ouvir uma boa história antes de dormir ajuda a relaxar, até mesmo porque é possível ouvir de olhos fechados e deixando a imaginação livre. Porém, ler uma história, mesmo sendo impossível de fazer com os olhos fechados, também distraí e permite a imersão no universo do conto.

Se você gosta de contar histórias, ler ou de ficar ouvindo as histórias para dormir, saiba que todas essas formas com certeza te ajudarão a garantir uma noite de sono muito mais tranquila.

5 clássicas histórias para dormir

Onde vivem os monstros

Autor: Maurice Sendak

Escrito em 1963, Onde Vivem os Monstros revolucionou a literatura infantil, abrindo caminho para o que hoje conhecemos por livro ilustrado. A história é a do menino Max. Vestido com sua fantasia de lobo, faz tamanha malcriação que é mandado para o quarto sem jantar. Lá, ele se transporta para uma floresta, embarca em um mini veleiro, navega pelo oceano, por dias, semanas, meses, até chegar numa ilha, onde vivem os monstros…

O meu pé de laranja lima

Autor: José Melo de Vasconcelos

Esta é a história comovente de Zezé, um menino de seis anos nascido no seio de uma família muito pobre. Zezé é inteligente, sensível e criativo, mas muito endiabrado. Carente do afeto que não encontra junto do pai e da mãe, mais preocupados em sobreviver a cada dia, o menino perde-se nas ruas, onde só lhe dá para inventar travessuras.

Tendo aprendido demasiado cedo a dor e a tristeza, Zezé acaba por usar o mundo da sua imaginação para fugir da realidade da vida: toma por confidente um pé de laranja lima, a que chama Xururuca e ao qual revela os seus sonhos e desejos. Será nesta fantasia que Zezé vai encontrar a alegria de viver e a força para vencer as suas adversidades.

O pequeno príncipe

Autor: Antoine de Saint-Exupéry

A história começa com o narrador descrevendo suas recordações, em que aos 6 anos de idade fez um desenho de uma jiboia que havia engolido um elefante. Quando perguntava o que os adultos viam em seu desenho, todos eles achavam que o garoto havia desenhado um chapéu. Ao corrigir as pessoas sobre seu desenho, era sempre respondido que precisava de hobby mais sério e maduro. O narrador então lamenta a falta de criatividade demonstrada pelos adultos.

Sem incentivos e decepcionado com as reações, ele desiste da carreira de pintor, e se tornou aviador. Durante seu voo, ocorre uma pane em seu avião no Deserto do Saara. Ao acordar, depois do acidente, se depara com um menino que o autor descreve como tendo cabelos de ouro e um cachecol amarelo, que lhe pede para desenhar uma ovelha. O narrador então mostra-lhe o seu antigo desenho do elefante dentro de uma jiboia, e para sua surpresa, o menino interpreta-o corretamente, apesar de estar insatisfeito pois ainda queria o desenho de um carneiro.

Conforme a história passa, o aviador descobre que o menino vive no Asteroide B-612, que há apenas uma rosa que fala com ele, que tem três vulcões (sendo um deles extinto), e os Baobá que o principezinho fica com medo que eles tomem conta do Asteroide, ele assiste quarenta e três pôres-do-sol para divertir-se ou quando está triste.

O menino maluquinho

Autor: Ziraldo


Maluquinho é um menino alegre, cheio de imaginação e que adora aprontar e viver aventuras com os amigos. Uma de suas manias é usar um panelão na cabeça, o que o diferencia dos demais. As histórias misturam um humor por vezes ingênuo (ainda que com uma certa escatologia típica da infância) com um certo gosto de nostalgia.

O menino mágico

Histórias Para Dormir
Autora: Rachel de Queiroz

Daniel era um menino diferente – com uma imaginação fértil e seus poderes mágicos, ele conseguia viajar durante o sono para os mais incríveis lugares e fazer coisas que um menino normal nem sonharia. Por causa da inteligência incomum de seu primo -e melhor amigo – Jorge, um dia os dois inventam de ir sozinhos a um programa de TV, com a intenção de conseguir um prêmio. Só que eles não imaginavam que aquelas mágicas e mentirinhas inocentes pudessem arrumar tanta confusão… E isso era só o começo!

Esses são apenas 5 dos grande clássicos infantis sugeridos para cultivar o hábito de leitura, não só nas crianças como também nos adultos. Por isso, sempre procure novas leituras, leia resenhas da internet, escolha o gênero que mais agrada e explore esse universo.

Histórias aproximam a família

Muitas vezes nem precisamos recorrer aos contos na internet ou literatura, quando temos histórias na família que podem ser verdadeiros roteiros de filme. Sim, quem não conhece uma boa história, um conto antigo que é tradição na família e que não se encontra por ai?

Histórias aproximam a família. Na hora de preparar a rotina de dormir, sentar perto ou na cama com a criança e conversar, contar uma boa história é uma forma de aproximação e de demonstrar que você se importa com aquele momento.

Curtiu as dicas de leitura? Então assine a newsletter Universo Maker para receber outras dicas incríveis para fazer em família.

Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *